Procuro um fio mais grosso e áspero, fico alisando e arranco.

Tratar Tricotilomania em São Paulo

Pergunta:

Arranco meus cabelos desde os 14 anos (tenho 36), não consigo parar e isto me incomoda muito.

 

Procuro sempre um fio mais grosso e áspero, fico alisando-o compulsivamente e depois o arranco.

Minha casa vive cheia de fios, não sei como ainda não fiquei careca. Já estive em psiquiatra tratando de Depressão, mas ele não deu importância quando mencionei este fato, apenas riu. Tomei x por uns 6 meses, não sei se funcionou, tenho períodos de recaída, e o hábito de arrancar os cabelos não alterou em nada.

Existe ligação entre a Tricotilomania e a Depressão? O que devo fazer? 

Resposta:

Existe relação entre Tricotilomania e Depressão, mas não é tão frequente.

O tratamento da Tricotilomania é feito de acordo com os sintomas dela mais o conjunto da personalidade da paciente.

Por exemplo se a personalidade é mais ansiosa, mais colérica, mais depressiva, você tenta usar medicamentos mais específicos de acordo com a personalidade dela.