Tratar TOC com Escitalopram, Lexapro, Reconter, Citalopram, Procimax

Tratar TOC com Escitalopram, Lexapro, Reconter

Pergunta:

Gostaria de saber se o Lexapro de fato é um dos antidepressivos de sua categoria mais eficaz no TAG, TOC e Transtorno de Ansiedade com menor incidência de sintomas colaterais. Me preocupam mais retardo ejaculatório e distúrbios de sono.

Agradeço pela atenção e me preocupo muito com o tema sono.

Tenho TAG e TOC e estou prestes a iniciar o tratamento com o remédio.

Resposta:

O Lexapro é um bom medicamento para tratar TAG (Ansiedade Generalizada) e TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo) e tem poucos efeitos colaterais sexuais e no sono, bem menos que uma Paroxetina, por exemplo.

Mas se o Lexapro vai ser um bom medicamento para você, depende de muitos fatores, nem sempre previsíveis.

Não existe um medicamento ideal para todas as pessoas.

 

Pergunta:

Gostaria de saber se o medicamento Lexapro e o Abilify são recomendados para o tratamento do TOC crônico, refratário; e qual seria a dosagem ideal para remissão de sintomas. Obrigado!

Resposta:

Sim, Lexapro (Escitalopram, Exodus, Reconter, Sedopan, Serolex, Escilex, Esc, Neuropram, Espran, Astrale) a Abilify (Aripiprazol, Aristab) podem ser boas opções para tratamento de TOC.

As doses dependem de muitos fatores individuais, não existe uma tabela. Mas geralmente o Lexapro acima de 15 mg e o Aripiprazol acima de 15 mg.

 

Pergunta:

Gostaria de saber se existe alguma relação entre TOC e Narcolepsia... Tenho dormido demais, chego a dormir o dia inteiro e sou portador de TOC diagnosticado há mais de 10 anos, agora apresentando esta sonolência irresistível e preguiça, além de dormir demais...

Ou também se algum medicamento pra TOC pode desencadear tal problema, tomo Lexapro 20mg/dia e Olcadil 1mg/dia há mais de 2 anos...

Desde já meu sincero agradecimento e admiração pelo trabalho realizado!

Resposta:

Geralmente não existe relação, mas o paciente pode ter esses dois problemas.

Considerações: Narcolepsia costuma aparecer na infância e ela se caracteriza por ataques de sono, não sonolência constante.

Lexapro e Olcadil depois de muito tempo podem provocar sonolência diurna.

Sonolência diurna também pode ser causada por Apneia do Sono, que é diagnosticada pela Polissonografia e geralmente (mas nem sempre) é acompanhada de sobrepeso.

 

Pergunta:

Tomo Citalopram 20 mg para Fobia Social há cerca de 1 mês. Mas tenho um problema que me acompanha nos últimos 2 anos, uma espécie de cisma com todo tipo de medicamento que tomo. Já começo a tomar e pesquiso sobre o mesmo na internet e fico com a cisma de que estou tendo colaterais.

Tomava um medicamento que li por alto um cara comentando que dava confusão mental e perda de memória. Toda hora que sentia algo do tipo, culpava o medicamento. Até parar de tomá-lo. Isso seria TOC? O Citalopram também ajuda nisso?

Resposta:

As pessoas muito obsessivas e perfeccionistas, que procuram efeitos colaterais nas bulas e não percebem que alguns colaterais são comuns, outros são raros, outros são raríssimos e outros são apenas relatos isolados acabam prejudicando todos os seus tratamentos.

Os médicos costumam se irritar pois as explicações nunca são suficientes para convencer o paciente a tomar determinado remédio.

Se isso que você tem é um quadro clínico de TOC ou se é apenas um traço obsessivo de sua personalidade, só teu médico pode afirmar. Mas o Citalopram pode ajudar em ambos os casos.

 

 

Pergunta:

Primeiramente parabéns pelo site! Tenho 24 anos e em uma fase da minha adolescência tive TOC, não tratado. Ao longo dos anos e sofrendo muito, consegui me desvencilhar de algumas compulsões.

Ha 2 meses atrás, tive um grande problema emocional em minha família, que me afetou muito, quando os problemas começaram a ser solucionados, repentinamente tive muito medo de morrer, taquicardia, formigamento na cabeça, medo de infarto, etc.

Fiz todos os exames necessários e não constaram nada de anormal, meu médico (Cardiologista) suspeitou então de ataques de Pânico e me receitou Anafranil e Fluoxetina.

Tomei corretamente a medicação, mas no mesmo dia já me senti mais tranqüila em relação a infarto (depois de ver os exames). O médico suspendeu o uso de Anafranil e continuei com Fluoxetina.

Mas tenho tido muito medo de machucar alguém, ou de me machucar, pensamentos que eu jamais teria, estou infeliz e tenho falta de concentração. Agora o médico indicou que eu tomasse Citalopram, mas ainda não comecei.

Tenho medo de enlouquecer, o que acha que eu posso ter? Citalopram é uma boa medicação? Normalmente precisa tomar por muito tempo? O que acha de fazer terapia? Posso desenvolver Esquizofrenia? Tendo estes pensamentos absurdos, corro o risco de em um impulso fazer algo de mal a alguém ou a mim mesmo, mesmo que eu ache estes pensamentos bobos?

Resposta:

Citalopram (Cipramil, Procimax) é uma das boas opções para tratamento de TOC, de Pensamentos Obsessivos e de Ataques de Pânico.

Mas os outros medicamentos que você já tomou (Anafranil, Fluoxetina) também são.

Às vezes, quando o TOC se manifesta principalmente com Pensamentos Obsessivos, se associa um Neuroléptico. A Terapia Cognitivo Comportamental ou TCC (Terapia Cognitivo Comportamental) também.

Então, pelo jeito o TOC da tua adolescência voltou a se manifestar nessa fase da tua vida que deve estar causando muita Ansiedade. Lembre-se que TOC, Pânico e Pensamentos Obsessivos são todos Transtornos de Ansiedade.

Acredito que você não tenha nenhum risco de desenvolver Esquizofrenia, pois são sintomas completamente diferentes desses.