TDAH e Fobia Social, Transtorno do Pânico e Ansiedade

TDAH, Ansiedade, TAG

Pergunta:

Tenho 50 anos e há 30 faço tratamento para Depressão e TAG. Desconfio que sofro de TDAH desde que me lembro (tipo desatento), mas nenhum médico me deu "atenção" pelo fato de eu ser formada. O fato é que cada vez mais pioro do TAG e a minha vida ficou totalmente estagnada.

Atualmente faço tratamento com para TAG e Depressão, mas fui informada de que pelo fato de ter TAG, não posso tomar medicamento para o TDAH. Essa informação é verdadeira?

Os medicamentos para TDAH pioram o quadro do TAG? Tenho impressão de que se conseguisse organizar a minha vida, a ansiedade diminuiria ou mesmo "sumiria".

Agradeço muitíssimo a disponibilidade. É uma área muito difícil de obter informações. Graças a Deus hoje já temos como nos informar sobre transtornos psiquiátricos.

Resposta:

Pode tratar TDAH ao mesmo tempo em que tata Ansiedade e Depressão sim.

Existe uma chance do medicamento do Déficit de Atenção piorar a ansiedade, mas essa chance é muito pequena e se isso acontecer basta suspender o medicamento e trocar por outro!

Obrigado pelos elogios.

 

Pergunta:

Olá Doutor Rubens Pitliuk, primeiramente gostaria de parabenizá-lo pelo seu ótimo trabalho. Um site extremamente informativo, de altíssima utilidade. Tenho 18 para 19 anos de idade e desde criança fui sempre muito agitado. Fui diagnosticado aos 8 anos como hiperativo por uma psicóloga.

A mesma disse que não seria necessário o tratamento medicamentoso, visto que era algo "natural" da minha idade e que psicoterapia mais prática de esportes, faria com que os sintomas melhorassem. Enfim, anos se passaram e nada.

Sempre me considerei bastante inteligente, mas não consigo focar, sou muito agitado, parece que estou ligado no 220V, meu corpo (minha perna especificadamente) é inquieto, assim como meus pensamentos são muito rápidos.

Ano passado, quando estava com 17 anos, estava no cursinho pré-vestibular. Me sentia extremamente nervoso, várias mudanças na minha vida e isso acabou resultando em uma depressão ansiosa, acompanhada de pensamentos obsessivos de morte, sexo e etc.

Fui ao psiquiatra e hoje estou estabilizado nesses sintomas, tomo 20 mg de Escitalopram e tenho reagido muito bem ao remédio.

Porém, gostaria de saber, se para a Hiperatividade e esses pensamentos acelerados, que tiram meu foco, a Bupropiona teria um bom efeito.

Eu reluto um pouco contra os Psicoestimulantes, não sei por que, mas gostaria de saber qual a eficácia da Bupropiona, principalmente no quesito Hiperatividade. Muito obrigado!

Resposta:

Obrigado pelos elogios. Provavelmente tua vida teria sido bem mais fácil se você tivesse tratado o Déficit de Atenção com Hiperatividade desde cedo.

Tua ansiedade foi bem controlada pelo Escitalopram (Lexapro, Reconter, Exodus, Esc, etc.), mas o Escitalopram provavelmente não vai ajudar na distração e hiperatividade.

Se teu tratamento ideal seria com Psicoestimulantes (Ritalina, Ritalina La, Concerta, Venvanse), só você e teu Psiquiatra podem decidir, não eu.

A Bupropiona (Wellbutrin, Zetron, Zyban, Bup) é uma opção de tratamento do TDAH, mas de segunda linha. De primeira linha são os Psicoestimulantes.

O problema é que a Bupropiona provavelmente não irá ajudar na ansiedade, pode até piorar, portanto de qualquer maneira você provavelmente continuaria precisando do Escitalopram.

 

Pergunta:

Tenho 50 anos e atualmente estou em crise da Síndrome do Pânico, e tenho um filho de 15, ele tem Déficit de Atenção e Hiperatividade e toma o remédio Concerta.

Vendo os sintomas dele pude perceber que quando pequena tive também Hiperatividade e Déficit de Atenção, mas na época nem se comentava de tal problema.

Pergunto tem relação a Hiperatividade e Déficit de Atenção com a Síndrome do Pânico?

A 1ª crise tive há 10 anos, fiz tratamento de 5 anos e passei 5 anos bem, e agora voltou e recomecei o tratamento com Cloridrato de Venlafaxina e Rivotril e farei Psicoterapia.

Tenho uma dúvida, pois já li vários depoimentos com pessoas que voltaram a ter crise, e li também que o Dr. Rubens Pitliuk.

Também diz que tem cura, como conseguir este sucesso a cura?

Resposta:

Existe relação entre TDAH e Ansiedade. O ataque de Pânico nada mais é do que uma crise muito forte de Ansiedade com sintomas físicos. Portanto pode ter relação sim.

 

 

Pergunta:

Pode uma pessoa apresentar TDAH mais Fobia Social?

Resposta:

Pode sim e é relativamente freqüente. As dificuldades de aprendizado e de convivência com outras crianças, as broncas, as suspensões na escola, as mudanças de classe e de escola, a fama de “mundo da lua”, desligado distraído, os comentários “você é tão inteligente e não aprende”, “se estudasse mais iria melhor”, “se prestasse mais atenção iria melhor nas provas” e etc. Podem favorecer o desenvolvimento de uma Fobia Social sim!

Por isso, assim que uma criança é diagnosticada om TDAH, deveria começar a tratar.

 

Pergunta:

Tenho Fobia Social e TDAH, os sintomas são muitos. Pergunto se há tratamento melhor para hiperativos do que Ritalina?

Resposta:

Existem muitos tratamentos para Fobia Social e para TDAH, mas não dá para dizer que determinado remédio é sempre melhor para todos os pacientes. Cada caso é um caso.

 

Pergunta:

Fui diagnosticada com TDAH grave, típico, com Transtorno de Ansiedade grave. Comecei a tomar Ritalina, estudo muito para concurso e tenho muita necessidade de me concentrar.

A Ritalina piorou minha ansiedade, e mesmo tomando a Fluoxetina estou tendo crises de ansiedade, fico horas sem conseguir fazer nada, só roendo as unhas.

No meu caso, a solução que é boa para todos, não é para mim, não me mantém concentrada e ainda me deixa angustiada.

O Dr. Rubens Pitliuk conhece um especialista aqui? Pode esclarecer esses dilemas?

Pergunta:

Tomo Ritalina para TDAH faz um mês. Tomo 10 mg, dois comprimidos ao dia. Também tomo Depakote para tratar Transtorno Bipolar, mas este último não estava surtindo efeito algum.

Fiz a besteira de tomar Bup e passei muito mal.

Voltei a tomar apenas a Ritalina, um comprimido, 10 mg, só que estou sentindo crises de pânico, até mesmo quando tomo café puro.

Você acha que a Ritalina está desencadeando o pânico? E se a resposta for sim, como fazer para tratar o TDAH se não puder tomar Ritalina?

Pergunta:

Tenho 35 anos e sou TDAH, com comorbidade Ansiedade, numa proporção aproximada de 70 % de ansiedade e 30 % de TDAH (é a minha percepção).

Não suportei tomar Metilfenidato (euforia e taquicardia) nem Fluvoxamina (problemas de ordem sexual).

Tenho experimentado Clonidina (meio comprimido de 0,1 mg).

O resultado me parece o mesmo do Metilfenidato, só que sem os efeitos colaterais.

Quase não encontrei indicação específica para adultos.

Por que, se parece que funciona tão bem?

Também andei lendo sobre teofilina.

É segura? Teria os mesmos efeitos colaterais do metilfenidato, já que é estimulante?

Seria interessante uma associação da teofilina com Clonidina?

Pergunta:

Tenho Síndrome do Pânico e faço tratamento com Efexor XR e Frontal. Há pouco tempo fui diagnosticado também com DDA (é a mesma coisa que TDAH) sem Hiperatividade e me foi receitado Ritalina que é uma anfetamina estimulante.

Ritalina pode aumentar o Pânico?

 

Reposta:

Esse é um problema comum, a Ritalina, Ritalina LA, Concerta e Venvanse piorarem a ansiedade e os Ataques de Pânico.

Provavelmente teu Psiquiatra irá primeiro controlar a Ansiedade com algum remédio mais poderoso que a Fluoxetina e só depois começar a Ritalina ou outro Estimulante com dose bem baixa inicialmente.

E talvez ele queira te dar Atensina (Clonidina) que serve tanto para diminuir a ansiedade quanto para tratar o TDAH.

Teofilina desconheço.

 

Pergunta:

Olá, o medicamento Pamelor é indicado para Fobia Social com DDA (TDAH)? Vou começar amanhã a tomar 25 mg de Pamelor. Seria mais eficiente que Bupropiona com Ritalina? Obrigado!

Resposta:

Tratar o TDAH com Ritalina ou Bupropiona ou Pamelor é válido, mas Fobia Social responde melhor aos Antidepressivos Serotoninérgicos e Duais junto com TCC (Terapia Cognitivo Comportamental). Não sei se o Pamelor irá ajudar na Fobia Social.

 

Pergunta:

Olá. Estou tomando Venlafaxina para Fobia Social e TDAH. Apesar da Venlafaxina não ter sido eficiente para meu problema de atenção, ela ajudou na ansiedade.

Por enquanto não estou usando Ritalina. Queria saber se Nootropil e Arcalion têm se mostrado eficientes no tratamento do DDA.

Estava pensando em fazer um teste por conta própria, visto que esses medicamentos não são controlados. Obrigado

Nem Nootropil nem Arcalion funcionam em TDAH.

 

Pergunta:

Será que tenho TDAH? Pergunto, pois tenho todos os sintomas do TDAH em adultos, mais do tipo desatento, alguns do hiperativo-impulsivo.

O que me irrita é ser muito distraído (já fui até atropelado), muito esquecido, chego atrasado a tudo (ou no mínimo em cima da hora) e adio todas minhas obrigações.

O problema é que quando criança não tive um desempenho ruim na escola, era inteligente e tirava notas boas.

Meus poucos erros eram por esquecer palavras ou trocar números.

Será que era porque odiava ficar em casa, onde sempre tinha muitas brigas (meu pai é muito violento), e mesmo conversando muito conseguia pegar o que o professor dizia (acontece também quando falam comigo e não presto atenção, mas consigo dar uma resposta).

Em casa fazia as tarefas e trabalhos sempre aos poucos, parando para ver TV ou outras coisas.

Lembro que minha mãe me chamava de vagabundo, já que não fazia nada do que ela me pedia e era muito estabanado, vivia me machucando.

Na adolescência reprovei no 1° colegial, pois não tinha o mesmo tesão para estudar.

Concluí o ensino médio, pois meus professores davam nota C para quem não fizesse prova (era um protesto à progressão continuada do governo).

Tenho TOC, mudanças rápidas de humor (hora triste, hora eufórico), desde criança não consigo dormir cedo e acordo cansado.

O Psiquiatra disse que tenho é muita ansiedade e não TDAH, já o Neurologista disse que sim e tomo Ritalina 10 mg há uma semana e não sinto nada.

Tomei sem ele saber 4 comprimidos e não notei diferença alguma.

Minha pergunta é existe outra coisa que faz ter sintomas iguais ao TDAH?

E a Ritalina tem efeito cumulativo e demora para aparecer?

Desculpe se escrevi muito, é que sou muito detalhista, até quando converso.

Resposta:

Pela internet não temos como diagnosticar, mas podemos fazer alguns comentários que talvez te ajudem:

  • Nada impede você de ter TDAH e mais um problema como Ansiedade ou TOC.

  • Ritalina não é cumulativa, ela funciona imediatamente, no primeiro dia.

  • Mas muitas vezes o portador de TDAH ou DDA (é a mesma coisa que TDAH) já criou tantos hábitos hiperativos ou desatentos, que o tratamento é um pouquinho mais complicado do que só tomar Ritalina e esperar grandes mudanças. Precisa fazer um tipo de terapia chamada Coaching, para ajudar a mudar os hábitos.

 

Pergunta:

Dr. Rubens Pitliuk, faz 17 anos que trato o Transtorno de Ansiedade. Tive Depressão pós Parto e o TAG (Ansiedade Generalizada) veio como conseqüência.

Porém, mesmo com tratamento, não consegui me livrar desse problema.

Conversando com minha filha, ela me perguntou se eu tinha pensado na possibilidade de ter DDA (é a mesma coisa que TDAH).

Ela percebeu isso por minha imensa falta de atenção enquanto conversamos.

Não é proposital. Simplesmente viajo, saio de órbita.

Gostaria de informar melhor o meu caso. O que o senhor acha do que mencionei? Agradeço.

Resposta:

Não é raro se confundir Transtorno de Ansiedade com TDAH. Também não é raro um paciente com TDAH sofrer de Ansiedade.

Consulte um Psiquiatra com experiência em TDAH.