Tratamento de Pânico com Sertralina, Zoloft, Tolrest, Assert, Dieloft

Tratar Pânico com Sertralina, Zoloft, Assert

Pergunta:

Comecei tomando Dieloft 50 mg, mas o médico me recomendou tomar durante uma semana apenas metade do comprimido. Na segunda semana passei a tomar um inteiro. Para os momentos de crise ele passou Frontal 0,25 mg.

Só que nem todos os sintomas ligados à Ansiedade e ao Pânico diminuíram. Ele me mandou tomar um comprimido e meio, persistindo os sintomas passei a tomar 2 por dia.

 

Só que desde o inicio do tratamento com o Dieloft não consigo dormir direito.

Ultimamente tenho sentido o peito apertado, sensação de angustia e cabeça pesada. Para dormir me passou Diazepam 5 mg, mas não durmo.

Pediu que eu tomasse 2, mas mesmo assim durmo pouco. Não descanso. Por fim me receitou Rivotril.

Passei a dormir, só que me esqueço das coisas e passo o dia com a cabeça pesada e com mal estar como angustia, medo. Não sei mais o que fazer? Teria alguma indicação para mim? Faço terapia tb. Vou voltar no psiquiatra e conversar com ele, mas confesso que estou desesperado, pois os sintomas são terríveis.

Resposta:

O mais provável é que você esteja sentindo Piora Inicial, que vai passar, como você pode ler nessa página.

Ele te mandou começar com dose pequena de Dieloft (Sertralina) justamente par evitar a Piora Inicial, mas infelizmente às vezes ela acontece mesmo assim.

 

Essa sensação de cabeça pesada do Rivotril deve passar com a diminuição da dose dele, embora depois de poucos disso com a Sertralina provavelmente você não precisa mais nem de Rivotril nem de Apraz nem de Diazepam.

 

Pergunta:

Gostaria de saber se existe diferença entre Zoloft e Serenata?

Trato de Síndrome do Pânico há cinco meses, desde que comecei a fazer o tratamento tive melhoras, mas ainda não sou a mesma 100%, posso dizer que voltei a ser 90 % de mim.

Este tratamento é assim mesmo? Leva tempo? Vou voltar a ficar 100%?

Resposta:

Não deveria haver diferença entre Zoloft e Serenata, mas alguns pacientes referem diferença no efeito quando mudam Sertralina de uma marca para a outra.

Mas pela sua pergunta, parece que o problema não é entre Zoloft e Serenata, mas sim que você ainda não ficou completamente boa do Pânico.

É possível que você precise de outro tipo de remédio, ou que precise de Psicoterapia, ou mesmo mudanças de estilo de vida, mas apenas com esses dados não posso precisar.

 

Pergunta:

Por favor, gostaria de saber o que tenho. Tenho 32 anos e dois filhos e há várias noites vou para a cama certa que terei uma ótima noite de sono, porém após adormecer acordo numa ansiedade, como se tivesse acabado de levar um susto.

Sinto falta de ar e estes sintomas logo passam quando acordo, porém logo quando tento dormir novamente sinto a mesma coisa, por esse motivo tenho passado várias noites acordadas com medo de que isso volte a acontecer.

Consultei um médico e ele não especificou o que eu tinha, apenas pediu que eu tomasse Sertralina (Zoloft) 50 mg ao dia. O que eu posso ter?

Resposta:

Diagnosticar à distância não é impossível, mas a descrição dos sintomas e a medicação são compatíveis com Ataques de Pânico.

 

Pergunta:

Dr. Rubens Pitliuk, estou tomando Rivotril 0,5 mg e Sertralina 50 mg há uns 5 meses e não ajudou muito. Tenho Síndrome do Pânico e Depressão, falei com o médico e ele dobrou as doses há 1 mês.

Tem dias que me dá Depressão, ansiedade, medo e às vezes percebo vulto de pessoas, gostaria de saber se isso é normal devido o medicamento, e se posso voltar a dirigir ou não porque sou motorista obrigado pela atenção.

Reposta:

Bom dia. Não é normal ver vultos. Depois de 5 meses você já deveria estar bom há muito tempo.

 

Pergunta:

Olá gostaria de saber se a dose indicada de Sertralina para quem Síndrome do Pânico deve ser mínima de 50 mg, pois venho tomando ha um ano a dose de 25 e não consigo sentir melhora.

Meu médico disse que tenho que tomar mais de 50 mg de Sertralina para fazer efeito e melhorar de verdade e não ficar só mascarando uma possível cura, mas uma coisa quando tenho as crises tenho muita tremedeira isso é assim mesmo?

O que posso fazer para passar isso, tenho Pânico desde adolescente e já tenho 40 anos, sou uma pessoa totalmente diferente quando estou bem, sou alegre e brincalhona mas quando as crises vêm me sinto outra pessoa.

Resposta:

Não posso afirmar se teu remédio ideal é a Sertralina (Zoloft, Tolrest, Assert, Serenata), mas de uma maneira geral, a dose necessária costuma ser de 50 a 200 mg por dia.

Pela minha experiência, esses Pânicos de décadas costuma precisar de Antidepressivos Tricíclicos e mesmo de associação de dois antidepressivos diferentes.

 

Pergunta:

Faço tratamento de Pânico há 3 meses com Sertralina e Cloxazolam e já não tenho nenhum sintoma aparente. Meu Psiquiatra, porém me receitou medicamentos para mais um mês.

Existe um tempo pré-determinado para o tratamento de manutenção de Transtorno do Pânico?

Resposta:

Caro Eduardo, sim, normalmente deve-se manter o medicamento por mais seis meses - esta é a fase que chamamos de prevenção de recaídas. Atenciosamente, Dra. Paula Nunes.

 

Pergunta:

Estava tomando Sertralina porque tive crise de medo de morrer. Fui ao hospital fiz Eletrocardiograma e uma série de exames e nada foi constatado. Não tenho vontade de fazer nada, tenho medo de sair de casa, chego nos lugares me sinto tonta.

Até me animo a sair, depois me dá medo nos lugares e fico pedindo para meu marido para voltar para casa.

Só fico abrindo a minha boca de sono, quando chego em casa me deito e o rolo de um lado para outro e não durmo.

Não quero mais fazer comida, nem lavar as roupas, nem de limpar a casa. Desânimo total, reclamo muito da vida que levo.

Quando andamos de carro a minha cabeça fica zonza, sinto tonturas e medo, vivo com o aparelho de pressão medindo constantemente, acho que minha pressão está alta e ela nunca passa de 13 por 8.

Fico tonta, corro para medir a pressão, acho que vou desmaiar e logo não sinto mais nada.

Era alegre e disposta. Agora nem tenho vontade de atender os clientes, não gosto de ficar na loja.

Às vezes odeio o lugar que vivo , tenho crise de ciúmes do meu marido. Ele vai ao mercado e eu penso que ele foi me trair.

Me acho gorda e realmente estou um pouco cheia, almoço muito bem e logo depois vou para frente da TV.

Como sem ter fome porque penso que se não encher a barriga, vou ficar tonta.

Estava num restaurante com meu marido, me deu um medo, larguei tudo e saí correndo. Fomos para o hospital e não tinha nada.

Já estou cansada, não sou mais social, vivo brigando com meu marido por pequenas coisas sem motivo.

Durmo e no meio do sono me dá tipo um choque e eu pulo da cama muito assustada. Vou medir minha pressão e sempre esta boa. Já durmo com o aparelho do lado do travesseiro.

Perco a vontade de sexo e só faço para fazer a vontade do meu marido.

Detesto compromissos, não gosto de ir ao banco, tenho medo de passar mal e o hospital com emergência fica a 40 km de onde moro.

Resposta:

Joana, você não escreveu quantos mg de Sertralina (Zoloft, Tolrest, Assert, Serenata) você está tomando. A Sertralina é eficaz na dose de 50 a 200 mg por dia.

Pelo que você descreve existe também uma Depressão, não sabemos o que veio primeiro, a Depressão ou o Pânico.

De qualquer forma, baseado no teu relato, acho que uma Psicoterapia é fundamental pata tua melhora.

 

Pergunta:

Sofro com Depressão e Síndrome do Pânico há quase um ano, estou em tratamento psiquiátrico fazendo uso de Rivotril 2 mg, Sertralina 50 mg, Bupropiona 250 mg e Depakote ER 500 mg 2 comprimidos ao dia.

Antes de começar o tratamento tinha crises horríveis começando com falta de ar depois vinha a taquicardia seguida de muito medo de morrer e aquela sensação de que fosse apagar.

Sempre começava à noite depois de deitar-me e às vezes eu já estava dormindo. Ia para o hospital e já chegava sem os sintomas, não precisava nem ser medicado, ouvindo o médico dizer que eu não tinha nada, que era tudo psicológico.

Quando comecei fazer uso dos medicamentos não tive mais crises, porém o medo continua.

Gostaria de saber por que esse medo de que o ar vá me faltar, esse hábito de ficar respirando fundo a todo o momento buscando aquela sensação de alívio e quando não encontro, começo a ficar nervoso achando que o pior venha me acontecer, sem contar que às vezes fico aéreo sem saber onde estou o que estou fazendo e até quem sou.

Por quanto tempo terei que tomar estes remédios, tem cura?

O que posso fazer para melhorar isso já que o maior desespero e sempre à noite.

Tenho 37 anos e trabalho como motorista de ônibus. Já engordei 12 quilos depois que comecei o tratamento.

Resposta:

Sinceramente, peça para seu médico reavaliar esses medicamentos. Sertralina (Zoloft, Tolrest, Assert, Serenata) me parece uma boa opção, mas 50 mg provavelmente é uma dose baixa demais para Ataques de Pânico tão fortes.

Não entendi a função da Bupropiona (Bup, Zetron, Wellbutrin) no teu tratamento, pois ela pode piorar a Ansiedade. Depakote ER também não costuma ser usado em Transtorno de Pânico. O ganho de peso pode ser do Depakote.

 

Pergunta

Há mais ou menos 20 dias tom Sertralina 50 mg, pois após consultar um Psiquiatra ele disse que tenho crises de Pânico. Senti essa angústia uma vez há uns anos atrás. Foi horrível, mas nunca mais tive. Até que voltou do nada e começou a se repetir diariamente sempre à noite! Desde que comecei a tomar a Sertralina melhorou muito. Só senti e bem mais leve umas duas vezes!

O ruim é que no início fiquei muito triste por saber que estava com esse problema, mas já entendi que essa tristeza agrava tudo e que eu preciso ficar bem!

Esse é o meu maior medo hoje. Será que vou voltar ao normal? Como essas crises aparecem do nada e sem que eu entenda a causa sinto que não tenho o controle disso e que não vou me curar nunca. Fico pensando que pode ter sido desencadeada pelo Dualid que tomei por cinco meses. Será?

Na verdade também sou muito ansiosa. Preciso sentir que tudo vai passar!

 

Pergunta

Olá gostaria de saber se a dose indicada de Sertralina para quem Síndrome do Pânico deve ser mínima de 50 mg, pois venho tomando há um ano a dose de 25 mg e não consigo sentir melhora.

Meu médico disse que tenho que tomar de 50 mg para fazer efeito e melhorar de verdade e não ficar só mascarando uma possível cura, mas uma coisa quando tenho as crises tenho muita tremedeira isso é assim mesmo?

O que posso fazer para passar isso, tenho Pânico desde adolescente e já tenho 40 anos, sou uma pessoa totalmente diferente quando estou bem, sou alegre e brincalhona mas quando as crises vem me sinto outra pessoa.

 

Pergunta

Fui diagnosticado com Ataques de Pânico. Meu Cardiologista (que diagnosticou) passou 50 mg/dia de Sertralina e 5 gotas de Rivotril. Aquela ansiedade extrema passou, e as crises não voltaram mais, ainda sinto algumas coisas estranhas, mas tento ignorar.

Porém desenvolvi um medo irracional de doenças, sinto muito medo de morrer por motivo de saúde.

Existe a necessidade do meu médico aumentar a dosagem do meu medicamento? Ou é mais recomendado procurar um Psiquiatra/Psicólogo? Obrigado!

 

Resposta para todas essas perguntas:

Dualid pode desencadear uma Síndrome do Pânico de difícil tratamento. Junte o Dualid à Ansiedade que você já tinha antes, é bem possível que teu Pânico tenha começado por causa disso.

Mas vai passar, não se preocupe.

Sertralina (Zoloft, Tolrest, Assert, Serenata, Dieloft, Serenata

O segredo é achar o remédio certo na dose certa (Sertralina pode ser tomada até 200 mg por dia) mais algumas medidas de controle de ansiedade que você pode ler nestas páginas:

Ansiedade Generalizada

Qualidade de Vida e Evolução das Doenças

Claro que Cardiologistas podem tratar Transtorno do Pânico, mas acho que seria melhor tratar com especialistas (Psiquiatras e Psicólogos).