Tratamento de Pânico com Efexor XR, Venlafaxina, Venlift OD, Alenthus XR

Tratar Pânico com Venlafaxina, Efexor, Venlift, Alenthus

Pergunta:

Passei quase um ano estabilizado, fazendo o uso de 50 mg de Escitalopram e 5 gotas de Rivotril. Infelizmente, depois de um bom período me sentindo bem, tive um ataque de Pânico repentino e passei a ter medo de tudo e pensamentos negativos persistentes.

Voltando ao meu médico, sugeri a troca da medicação e me foi receitado Venlift 75 mg e Fluxtar 6 mg e mantive o Rivotril 3 gotas.

Fiquei melhor por duas semanas, mas piorei novamente. O médico aumentou a dose do Venlift para 150 mg e reduziu o Fluxtar para 3 mg.

Melhorei, novamente, por duas semanas, porém tive nova recaída. Já não sei mais o que fazer.

Como me sentia tão bem, será que eu deveria fazer uma nova tentativa com o Escitalopram, combinando com outra medicação ou haveria alternativa mais adequada para estes sintomas? Grato.

Resposta:

Acredito que você tenha escrito errado Escitalopram 50 mg. Escitalopram (Lexapro, Exodus, Reconter, Sedopan, Serolex, Escilex, Esc, Neuropram, Espran, Astrale) existe de 10, 15 e 20 mg. Nunca vi ninguém tomar 50 mg.

Fluxtar é o Bromazepam (Lexotan).

Com esses dados não posso avaliar se teu tratamento ideal é com Escitalopram ou Venlafaxina (Efexor, Efexor XR, Venlift OD, Venlaxin, Alenthus, Alenthus XR) ou com outro medicamento.

Tanto o Escitalopram quanto a Venlafaxina são bons para tratar Pânico, mas existem muitos outros remédios que também são, além das outras medidas importantes que você pode ler na página de Síndrome do Pânico.

 

Pergunta:

Tomo Efexor XR 75 mg e Frontal XR 0,5 há dois anos por causa de Síndrome de Pânico. Mesmo tomando essa medicação é possível ter recaídas? Mesmo depois de 2 anos de uso tenho muita vertigem. É normal?

Resposta:

Não é normal e você não deveria ter recaídas mesmo que as circunstâncias de vida estejam muito estressantes. Reavalie o tratamento com teu médico.

 

Pergunta:

Como consigo diferenciar TAG (Transtorno de Ansiedade Generalizada) de Síndrome do Pânico, pois estou me tratando com Venlafaxina (75 mg) e continuo sentindo ansiedade, mas durante um período de 6 meses tive apenas (graças a Deus) dois Ataques de Pânico (taquicardia, sensação de morte, sensação de estar ficando louco).

Em ambas as situações eu estava ansioso antes dos ataques.

Resposta:

Uma pessoa que sofra de TAG (Transtorno de Ansiedade Generalizada) está sujeita a ter Ataques de Pânico em determinadas situações da vida. Isso significa uma agudização de um estado, não significa duas doenças independentes.

O tratamento é o mesmo, mas não deve ficar restrito ao remédio.

A Venlafaxina (Efexor, Efexor XR, Venlift OD, Venlaxin, Alenthus, Alenthus XR) é uma ótima opção, mas, como sempre escrevo, não quer dizer que seja boa para todos os pacientes.

Como você melhorou bem com a Venlafaxina e está tomando uma dose bem baixa, converse com teu psiquiatra sobre aumentar a dose dela.

Leia as recomendações de tratamentos não medicamentosos na página de Ansiedade.