Transtorno do Pânico e Feocromocitoma

Transtorno do Pânico e Feocromocitoma

Pergunta:

Síndrome do Pânico pode desencadear a doença Feocromocitoma?

Resposta

Não. Alguns anos atrás, quando uma pessoa tinha Ataques de Pânico, pedíamos um exame de Urina de 24 horas com pesquisa de Ácido Vanilmandélico para diagnosticar Feocromocitoma, um tumor da glândula Suprarrenal. Mas o Feocromocitoma é tão raro que não pedimos mais o exame.

 

Pergunta:

Tenho 40 anos e há 4 meses comecei a ter aumentos repentinos de pressão arterial. Cardiologista, todos os exames possíveis, achava que tinha problemas cardíacos, mas eles não existiam.

Mesmo tomando os anti-hipertensivos minha pressão continuava a subir especialmente à noite, com súbitas corridas ao Pronto Socorro.

Mesmo medicada a pressão chegou a 24/15. Troquei de médico e remédios. Durante o dia me sentia bem chegava a noite vinha o Pânico. O medo da pressão subir, de ter um infarto ou derrame.

Voltando ao Cardiologista ele me aconselhou a procurar um Psiquiatra que estava com Síndrome de Pânico.

Aceitei a sugestão, há 10 dias tomo Efexor e Rivotril, mas tenho medo desse remédio elevar a minha pressão, que continua controlada. Parabéns pela excelente página

Resposta:

Com esse aumento de pressão, já foi excluído Feocromocitoma? Embora muito raro, o Efexor é um dos poucos Antidepressivos que pode aumentar a pressão. Portanto, é melhor controlá-la.

 

Pergunta:

Gostaria que me informasse o que significa o termo; Feocromocitoma.

Resposta:

É um tumor da glândula Suprarrenal, raro, que provoca crises de taquicardia e hipertensão e que portanto poderia ser confundido com Pânico.