Encontrei vários e-mails do meu marido para sua cunhada, (casada com seu irmão).

Psicoterapia em São Paulo

Pergunta:

Encontrei vários e-mails do meu marido para sua cunhada, (casada com seu irmão) de 10 a 15 e-mails por dia entre poesias e troca de fotos e despedidas com beijos, ela lhe pede um filho. Será que ele me trai? Já há seis meses que não temos nenhum contato sexual.

Resposta:

Em linhas gerais, um bom relacionamento se sustenta em um tripé de paixão, comprometimento e intimidade.

  • Paixão: paixão sexo, que as pessoas querem se relacionar sexualmente; paixão admiração, que quando o desejo sexual diminui, a admiração está lá para manter o casal próximo, que é o amor, o respeito, o carinho, o gostar de ficar junto.

  • Comprometimento: diz respeito ao quanto eu quero e promovo o bem estar do outro e ainda compromissos assumidos juntos, como por exemplo, filhos, casa financiada, situação financeira conquistada por ambos, etc.

  • Intimidade: o quanto a pessoa se sente bem para conversar com o outro sobre as questões pessoais, sociais, familiares, financeiras e profissionais, sem reservas.

Quando uma das partes desse tripé está falho, (no seu caso paixão e intimidade), está na hora de se abrir para uma conversa.

E, prepare-se para as consequências desse tipo de conversa, pois existe a possibilidade de ambos terem que tomar medidas que não estavam nos planos até então.

Reflita, peça ajuda de um profissional se não estiver suficientemente confiante. Psicóloga Ivonete Garcia.

 

Pergunta:

Namoro há três anos, tenho 30 anos e meu namorado não tem desejo sexual por mim, sinto como se estivesse dormindo com meu irmão. Ele não demonstra sentir atração por mim, disfarço e às vezes até brigo com ele.

Depois que, engordei 10 kg e queria perdê-los, me sinto gorda, inútil como mulher, me sinto impotente, me sinto triste quando percebo que ele não quer fazer amor comigo, quando converso com ele sobre isso, me diz que está cansado e depressivo e sente que perdeu a libido.

Resposta:

Então deve ser hora de você cuidar de você (você engordou 10 kg!). Comece atividades que a deixem mais preenchida e satisfeita consigo mesma. Uma Psicoterapia para discutir este seu desânimo e questionar porque se sente vazia. Psicólogo Juarez Lopes Neto.

 

Pergunta:

Tenho 38 anos, vivo com um rapaz, há um ano, de cinco meses para cá perdi todo desejo nele. Não fiquei com nenhum outro homem. No momento não tenho desejo em nenhum outro homem.

Estou desmotivada, isso aconteceu depois de uma série de aborrecimentos, dele para comigo, sempre me relacionei com homens mais novos, mas nunca me senti velha ou inferior com ele estou me sentido assim.

O relacionamento começou por causa dele, eu não queria, ele bem dizer forçou a relação alegando que já que eu estava só não custava dar uma oportunidade, até que estava dando certo, mas ele fez um elogio a uma amiga minha como se quisesse ela daí eu fiquei sem nenhuma libido para com ele, passei a ter nojo de cheiro, comecei a odiar os beijos.

Também no período de dezembro para cá fui acometida quatro vezes de fungos e bactérias, ele diz que não tem outra parceira, mas poxa toda hora aparece um coisa em mim; meu sangue não combina com o dele.

Está insuportável. Agora eu não tomo nada nem antidepressivo, calmante, nada, nada mesmo, só quando dá dor de cabeça Dorflex.

O que faço? Me deem uma dica, eu estou amarga por conta dessas coisas, ele diz que sou grossa e chata, chata eu sou, grossa não me tornei. Obrigada.

Resposta:

Não dá para sabermos o que é melhor você fazer ou não! Mas acho que tem alguns pontos que você deve pensar: você já conversou com ele que não está bem com a relação de namoro de vocês dois (não precisa falar que está com nojo dele, é claro!)?

Quais são os motivos que você está com ele? Caso a indecisão sobre o que fazer e a insatisfação persista, procure por um Psicólogo. Boa sorte, Psicóloga Aline Basaglia.