Nessas situações de tensão, sinto enjoos, tonturas, confusão mental, medo de perder o controle.

Tratar Fobia Social em São Paulo

Pergunta:

Olá atualmente faço tratamento para FOBIA SOCIAL com o medicamento ESC, porém ainda continuo tendo muitos tremores em algumas situações. Gostaria de saber se é seguro o uso de 40 mg diárias de Propranolol considerando que não tenho problemas cardíacos e asma.

Resposta:

Teu médico decide, mas geralmente não tem problema em misturar Escitalopram (Lexapro, Reconter, Exodus, Esc) com Propranolol (Inderal). Mas a maioria dos pacientes precisa de menos de 40 mg de Propranolol.

 

Pergunta:

Sofro de Fobia Social. Porque em elevador cheio de gente passo mal e em elevador vazio tudo bem?

Resposta:

Porque você sofre de Fobia Social e não de Claustrofobia. O problema não é o elevador, é o povo todo lá dentro.

 

Pergunta:

Gostaria de saber até que ponto a Fobia Social está relacionada com a Síndrome do Pânico. Se por acaso a Fobia Social não é uma ramificação da Síndrome do Pânico ou vice-versa. Tenho sintomas que foram diagnosticados por meu psiquiatra como Fobia Social, pois não boto meus pés fora de casa nem para comprar jornal, para sair a uma festa tenho que beber uma cerveja antes.

Desisti temporariamente da faculdade pois se vou beber cada vez que vou as aulas, além de ninguém sentar perto de mim por causa do cheiro da bebida, vou morrer de cirrose.

Nessas situações de tensão, sinto enjoos, tonturas, confusão mental, medo de perder o controle e fazer algo embaraçoso e minhas pernas ficam fracas, a ponto de eu achar que vou cair.

E esses sintomas são comuns em Síndromes do Pânico.

Então estou confuso em saber o que tenho, pois preciso da compreensão do que acontece comigo para poder me autoajuda também, pois só a medicina e a psicologia não adiantarão de nada se eu não ter consciência do que passa comigo.

Resposta:

Você está descrevendo um caso de Síndrome do Pânico com Agorafobia.

O Transtorno do Pânico e a Fobia Social são transtornos de ansiedade e estão interligados sim.

O tratamento combinado de Psicoterapia e medicação deve tratar ambos os grupos de sintomas.