Me apaixonei várias vezes e sofri calado, pois não tive coragem de conversar.

Tratar Fobia Social em São Paulo

Pergunta:

Sempre fui uma criança muito solitária. Assim, me acostumei a não falar com ninguém, nem mesmo com a minha família. Lembro que nos horários de almoço eu me isolava e lia gibis na mesa. Um hábito que demorei muito a perder. Bem, assim, não sei se aprendi direito como falar com os outros e manter conversas.

Hoje em dia tenho muita pouca atenção, amigos, pessoas pra conversar. Isso me machuca e me indaga muito. Eu tenho amigos e posso conversar com eles sem medo se forem próximos, mas se não forem próximos a nível de irmão eu simplesmente não sei falar nada.

Resumindo: com meus amigos de longa-data que conheço e nutro confiança há muito tempo posso ser sociável, mas só a aquele grupo restrito. Não consigo me aproximar de ninguém, e se tento, quando essa pessoa não fala comigo eu penso como posso estar sendo irritante e como eu sou desinteressante e volto a ficar sozinho. Não consigo criar amizades novas. Hoje em dia, a solidão é tão parte de mim que nem me incomodo de ficar sozinho dias, meses. Mas eu, ao mesmo tempo, quero ter amigos, conhecer pessoas, partilhar bons momentos.

Faço teatro por recomendação de outra psicóloga, e acho que me ajudou um pouco, mas sinto que tem algo que me prende e me impede de falar com as pessoas. Na internet, consigo dialogar normalmente, na medida do possível, e também não entendo o porquê disso. Se alguém na internet resolve fazer uma conferência por voz eu tento evitar instintivamente, fujo, fico off-line ou ignoro. Faço isso porque quando estou em uma destas conferências eu não sei como falar, reagir, manter um assunto com uma pessoa apenas.

Qual meu problema?

Resposta:

Pode ser uma Fobia Social, mas diagnóstico de certeza, só se você consultar um Psiquiatra.

 

Pergunta: 

Tenho 21 anos, e desde que me lembro, sempre fui muito tímido. Tive vários problemas na escola desde pequeno, mas fui levando, até que troquei de colégio e acabei abandonando porque todo dia me dava diarréia no período escolar e depois passava, e por causa disto acabei repetindo 3 anos por faltas.

Já fiz tratamento com dois psicólogos e não surgiram muitos efeitos, e de algum tempo para cá as coisas vem piorando.

Tenho loja de xx e não consigo levá-la para frente, porque, não consigo dialogar com os clientes, tento mudar e não consigo.

E quando tenho que sair para fazer compras ou fazer alguma manutenção em algum cliente, me dá diarréia, meu coração dispara e fico tremendo, aliás, tremo geralmente, e se sei um dia antes que terei que fazer um serviço fora quase não consigo dormir e logo que levanto já estou passando mal.

Em meu aniversário, fui para praia, para não ter que receber telefonemas e nem pessoas na minha casa para me cumprimentar e por medo de ninguém lembrar esta data.

Com moças nem preciso falar que é a coisa mais difícil que tem para mim em chegar e conversar com elas.

Já me apaixonei várias vezes e sofri calado, pois não tive coragem de chegar e conversar.

Neste momento estou vivendo um caso deste.

Uma das coisas que mais odeio é comer fora de casa, pois acho que todos estão me observando e me sinto mal.

O pior de tudo, é que em todos os casos acima citados, acabo descontando tudo que sinto no cigarro.

Aliás, um médico clínico geral, me receitou Tofranil e eu achei que o mesmo não tinha surgido efeito e abandonei o tratamento, e depois de algum tempo ao retornar no mesmo médico na ocasião do falecimento de meu avó, ele me perguntou se eu estava fazendo uso do Tofranil ainda e ao dizer que não ele me receitou Prozac e o mesmo aconteceu.

Gostaria de saber se isto é Fobia Social?

Resposta:

Sim, era Fobia Social.

Depois do contato pelo site tratei você e fiquei muito contente em ver a melhora tão rápida que você teve.