Era praticamente impossível almoçar ou jantar na frente de outras pessoas.

Tratar Fobia Social em São Paulo

Pergunta 1: 

Venho sentindo esse medo estranho e incontrolável há alguns anos, mais ou menos 7 anos e hoje estou com 25 anos.

Começou depois que eu tive uma doença no estômago que me deixou muito preocupado e que posteriormente eu descobri ser uma gastrite.

Depois que me curei dessa gastrite a Fobia Social começou, sendo que era praticamente impossível eu almoçar/jantar na frente de outras pessoas.

Com o passar do tempo eu consegui arrumar um emprego e a fazer faculdade, eu ficava o dia inteiro fora de casa e isso fez com que a fobia sumisse por completo, sem ter que fazer terapia e nem ter que tomar remédios.

Eu vivi a melhor fase da minha vida, não tinha mais medo de nada e fazia de tudo!

Mas depois saí desse emprego e tudo começou novamente, porém com mais intensidade, principalmente agora que eu terminei a faculdade.

Agora não tenho só medo de comer em público, tenho medo de praticamente tudo, estou perdendo amigos, criando conflitos em casa e desapontando várias pessoas com esse meu jeito cada vez mais retraído.

Eu fico nervoso só pelo fato de saber que tenho que ir ao banco, ou ao correio, etc...

Isto é realmente Fobia Social?

A cura desta doença está estritamente relacionada à medicação em si ou eu tenho que fazer terapia também?

Será que só tomando remédio por algum tempo eu não vou começar a me acostumar com os atos sociais e naturalmente eu vou retomando as coisas que eu fazia. 

Resposta:

Sua conclusão é exata: com a medicação mais terapia específica você pára de sentir os medos, passa a fazer tudo com mais naturalidade e com isso os atos sociais vão ficando cada vez mais fáceis.

 

Pergunta 2:

Hoje passei por uma situação inédita em minha vida. Geralmente fico muito nervosa com apresentação de seminários na faculdade. Fico tensa, estressada, na hora da apresentação não consigo falar se não tiver um papel na mão e minha pressão tem quedas drásticas.

Mas hoje, na hora da apresentação, comecei a tremer os lábios e olhava para o meu papel e não via nada.

De repente ficou tudo escuro.

Quando fui tentar falar algo percebi que estava sem voz e a única coisa que me veio à cabeça foi sair correndo da sala.

Depois disso tive náuseas e fiquei muito deprimida.

Essa situação pode indicar que eu tenho Síndrome do Pânico?

Resposta:

Mais provável que a Fobia Social que você já tinha piorou. Trate-se que sua qualidade de vida só pode melhorar.