Caso a Paroxetina aumente demais o sono REM, pode piorar Enxaqueca.

Enxaqueca e Paroxetina

Pergunta:

Fazia uso do Paxil CR 12,5 mg há 11 meses, quando em início de Abril resolver parar a medição. Com ajuda da terapia fui reduzindo a dose gradativamente, até que em final do mês de Abril parei definitivamente.

No entanto, tenho sentido enxaqueca, a têmpora lateja diariamente. Os últimos 15 dias tem sentido enxaqueca quase diariamente. Será que ainda estou em abstinência? Obrigada.

Resposta:

Quase 40 dias sem Paroxetina, não é mas abstinência. Você não tinha Enxaqueca antes? Não sei sua idade, talvez você tenha começado a ter Enxaquecas e a Paroxetina estava funcionando como se fosse uma medicação preventiva de Enxaqueca.

 

Pergunta:

Desde dezembro tenho tido diariamente alteração visual (círculos brilhantes) à noite e ao acordar com leve cefaléia.

Tive Síndrome do Pânico e Depressão e tomo Cebrilin há 10 anos, algumas tentativas de retirar o remédio não deram certo e me sinto muito bem com 10 mg/dia.

Fiz todos os exames oftalmológicos, normais e Angioressonância Cerebrais, normal.

O Cebrilin pode causar isto com o uso prolongado? 

Tenho raramente Enxaqueca com Aura e é completamente diferente.

Resposta:

Depois de tantos anos com Cebrilin (Paroxetina, Aropax, Paxil, Roxetin, Maxapam), é muito improvável que as dores sejam causadas por ele.

Pode ser que sua Enxaqueca tenha mudado de característica.

Ou que você esteja sonhando demais, por causa da Paroxetina

Caso a Paroxetina esteja aumentando demais teu sono REM, isso pode piorar as Enxaquecas em algumas pessoas.