Quando precisa misturar Antidepressivo com Estabilizador de Humor?

Antidepressivo com Estabilizador de Humor

Pergunta:

Tive minha primeira depressão com 22 anos tomo remédio e paro qdo melhoro mais sempre que enfrento um problema tenho recaídas. Estava tomando Lexapro de 10 mg e estava bem passei por um problema e mesmo tomando o remédio tive recaída o médico aumentou a dose para 20mg. Para começar a sentir a melhora demora o mesmo tempo do início do tratamento 15 dias?

Resposta:

Você não escreveu quantos anos tem agora. Muitas recaídas de depressão quando acontecem problemas na vida significa que talvez você precise de terapia ou Yoga ou Meditação para aprender a administra melhor os problemas ou precisa de um estabilizador de humor no lugar (às vezes não é no lugar de, mas junto) do antidepressivo.

Com o aumento de dose você deveria se sentir melhor entre uma e duas semanas.

 

Pergunta:

Já tive três depressões e sinto que nunca estou curada, neste momento sinto-me muito abatida, com dores por todo o corpo, muito cansada, e os dias antes da menstruação para mim são muito difíceis de suportar, pois ando muito irritada.

Já não sei que fazer, pois as análises nunca acusam qualquer problema, ando muito nervosa com isto e muito ansiosa, gostaria que me dessem uma dita sobre o que devo fazer ou qual a possível causa deste mal estar geral.

Agradeço resposta, pois tenho 31 anos e 3 filhotes preciso de resolver a situação de uma vez por todas detesto sentir-me assim! 

Resposta:

As pessoas com muitas depressões durante a vida, ou as que não ficam completamente assintomáticas (sem sintomas) são justamente aquelas que podem ter uma boa resposta clínica com os Estabilizadores de Humor, por exemplo Carbolitium (Carbonato de Lítio), Depakote, Depakene (Valproato de Sódio, Ácido Valpróico), Tegretol  (Carbamazepina), Trileptal,Leptard (Ox-Carbamazepina), Lamictal Dispersível, Lamitor, Léptico, Neural (Lamotrigina), etc.

Pergunta:

Tenho 32 anos e me trato de Depressão há algum tempo faço o uso de Anafranil 75 mg e Rivotril 2 mg, porém meu médico diz que eu não vejo sucesso no tratamento por que tomo Rivotril...

Mas só consigo dormir ou ficar calma se eu tomar o Rivotril...

Tenho muitas crises e tento o suicídio várias vezes...

Eu gostaria de saber se é o Rivotril que aumenta a Depressão?

Por favor, Dr., me responda, pois estou aflita. 

Resposta:

Rivotril em altas doses pode deprimir, mas não me parece que seja esse seu problema.

Fale com seu médico, quem sabe precisaria trocar o Anafranil por outro Antidepressivo, adicionar um Estabilizador de Humor, fazer uma terapia, rever o diagnóstico. É o que posso afirmar sem conhecer teu caso específico.

 

 

 

Pergunta: 

Acho que tenho Depressão desde a infância, pois sempre fui uma criança diferente, tinha poucos amigos, era extremamente tímida, não gostava de nada, não tinha muita disposição, ia mal na escola.

Hoje estou com 28 anos e faço tratamento desde os 19 anos e durante este período tive algumas melhoras, mas nada muito significativo e agora estou numa fase muito ruim, estou me formando na faculdade, tenho um emprego, pais que me amam, um marido maravilhoso, enfim tenho tudo que sempre pedi a deus, mas não consigo me livrar destes malditos sintomas da Depressão.

Mudei meu medicamento atualmente, tomava Lexapro, e agora estou tomando Sertralina o que tá me deixando pior ainda.

Estou extremamente irritada, agressiva, estúpida com as pessoas, depois me sinto culpada, meu coração parece que vai sair pela boca e não tenho nenhuma paciência.

Estou precisando de ajuda, mas são tantos anos tomando as mais variadas medicações e não fico boa, tentei fazer terapia, mas não tenho paciência...

Estou desanimada, atualmente até lavar uma louça é difícil, o que tenho conseguido fazer ainda é tomar banho...  

Resposta:

Eliane, com certeza você vai melhorar. Mas veja, você tomou Lexapro e depois Sertralina (Zoloft, Tolrest, Assert). Esses dois Antidepressivos são da mesma família.

Eu começaria pedindo para teu médico mudar para Antidepressivo de Ação Dupla (na Serotonina e Noradrenalina).

Fora isso ainda temos Estimulantes, Estabilizadores de Humor, Inibidores da Mao (IMAO, Parnate), Psicoterapias, ou seja, tem muita coisa para fazer ainda.