Nenhuma mulher tem culpa de uma gravidez ectópica!

Tratar Depressão pós Parto em São Paulo

Pergunta:

Tenho 26 anos e há 3 meses passei por um aborto, por causa de gestação ectópica.

Meu marido me culpa pela perda do bebê, fala que sou irresponsável, incompetente, e que foi muito bem feito para mim ter passado por isso e daí em diante passamos a nos distanciar.

 

Do ocorrido para cá, perdi a vontade de tudo, acabei me culpando realmente pelo que aconteceu, não consigo dormir, nem me alimentar direito.

Tenho fortes crises de dor de cabeça e não tenho vontade de sair nem falar com ninguém, as vezes estou bem, outras já estou irritada demais, sem paciência, e quando noto o desprezo do meu marido comigo fico ainda pior.

Com muita dificuldade aceitei buscar uma ajuda profissional, pois quero me levantar e cuidar de mim e da minha filha de 03 aninhos.

Iniciei um tratamento com antidepressivo mas não estou tendo melhora e nos últimos dias tenho sentido muito medo de sair na rua, só de pensar em sair já me dá um mal estar e começo a chorar.

Queria saber se esse medo também faz parte da depressão, se tem algum outro caminho que eu possa obter melhores resultados.

Tenho lutado para ficar bem, mas não tenho conseguido. Preciso de ajuda.

Resposta:

Provavelmente seu tratamento ideal seria uma psicoterapia mais a troca do Antidepressivo, caso você esteja tomando mais de 20 dias sem nenhum efeito.

Também seria importante teu ginecologista orientar teu marido, pois logicamente nenhuma mulher tem culpa de uma gravidez ectópica.