Arranco os cabelos desde os 13 anos, nunca consegui parar.

Tratar Tricotilomania com Psiquiatra do Einstein

Depoimento:

Tinha Fobia Social e Tricotilomania. Entrando em contato com o Dr Rubens Pitliuk, minha vida mudou completamente. Ele indicou-me um médico Psiquiatra da minha região, e eu que não acreditava, depois de 4 meses estava totalmente curada.

Sou uma moça jovem, simpática e inteligente; porém via minha vida passando como em uma tela de TV. Não tinha coragem de nada, simplesmente parei com tudo na vida. Agora estou pronta para retomar meus estudos, trabalhar e me casar.

Estou noiva e com casamento marcado, fazia anos que não tinha namorado. Que aliás conheci aqui através da internet. Obrigada, Dr Rubens por ter me trazido de volta à vida. O senhor é uma pessoa excepcional. Que Deus lhe abençoe! Meninas, não desistam!

 

Depoimento:

Oi, sou Alice tenho 17 anos, sou Tricotilomaníaca desde os meus 12 anos. Lembro-me que comecei a arrancar meus cílios quando vi uma amiga puxando os dela mas ela não tinha o mesmo problema que tenho hoje.

Achei interessante aquele ato e tentei arrancar um fio dos meus, dali em diante passei a arrancar um, dois, três...

E quando vi estava totalmente sem cílios. Passados alguns anos numa manhã que não me lembro de qual dia da semana liguei a TV no programa mais você da Ana Maria Braga e vi passando uma reportagem sobre o assunto e muito me interessei em saber qual era o nome daquele costume que eu não podia conter aí então descobri que era uma Tricotilomaníaca hoje tenho vergonha de às vezes ficar de lado para alguém, tenho medo e vergonha de falar sobre isso.

Cheguei a comentar uma vez com uma amiga de trabalho mas só falamos sobre isto uma vez pois falar deste assunto me incomoda muito...

Vi que a maioria dos casos de Tricotilomania é o de arrancar cabelos da cabeça gostaria muito de conhecer mais pessoas com casos como o meu.

Gostaria muito de obter ajuda, para que eu possa contar para os meus pais do meu problema.

Às vezes penso em parar, deixar os cílios crescerem pois acho lindo quem tem cílios grandes que passam rímel para alongar os fios e intensificar o olhar, mas quando passo a mão nos olhos que sinto eles crescerem não consigo me controlar e começo tudo outra vez... Obrigada!

 

Depoimento:

Há 5 anos vi em uma revista uma matéria sobre Tricotilomania, tenho 50 anos e arranco os cabelos desde os 13 anos, mas nunca consegui parar totalmente. Já fiz vários tratamentos com Psicólogos, Psiquiatras e com um médico especialista em Florais de Bach, mas até hoje nada resolveu.

Depois de tantos anos arrancando os cabelos, eles voltam a nascer, fracos e branco, nos dois lados da cabeça, as vezes não consigo me controlar, e fico com duas grandes falha no couro cabeludo chegando até a fazer feridas, aí sinto justamente como as meninas comentaram em seus depoimentos, com vergonha das pessoas, me isolando, de tudo festas, praia, etc.

E com isto sofro muito e me prejudico, tanto no lado emocional, quanto no financeiro, pois sou representante comercial, dependo de minhas vendas para sustentar minha família.

 

Depoimento:

Olá, tenho 32 anos e arranco os cabelos desde criança... Não sei que idade ao certo mais sei que isso me acompanha há muitas décadas. Gostaria muito de parar mas não dá, já fiz promessa... nada. Quando me pego já arranquei um montinho de fios de cabelos, passo nos lábios, molho a raiz e passo no rosto faço isso o dia inteiro se deixar.

Me lembro que quando criança tinha em minha cabeça uma falha enorme, meus pais levaram em Psicólogos, fiz tratamento durante um certo tempo mais não resolveu, estou arrancando os cabelos até hoje. Já prestei atenção e a sensação de arrancar os cabelos começa quando estou sem fazer nada, quando tenho um problema e não posso resolver...

Ansiedade, sou muito ansioso, estressado, muito estressado, nervoso....

Sabe, gostaria de saber, se os cabelos que arranco com raízes nasceram de novo, pois quando eu era criança todos diziam que não ia nascer e nasceram, mas agora já estou com uma certa idade e começo a ter falhas na cabeça, ou seja, pouco cabelo em certos lugares da cabeça.

Bom fico por aqui, e gostei muito de poder falar sobre meu problema.

 

Depoimento:

Olá tenho esta doença, a Tricotilomania. Nem sabia que tinha nome. Arranco meus cabelos há muito tempo. Quando penso quando tudo isso começou, percebo que foi depois que fui abusada.

Sofri muito na minha infância.

Hoje tenho 30 anos e ainda arranco meus cabelos percebi que arranco quando as coisas não estão bem pro meu lado.

 

Depoimento:

Bom, pessoal desde os meus 14 anos comecei a arrancar meus cabelos e automaticamente come-los isso vem sendo um problema, pois já parei em vários períodos e sempre do nada acaba voltando não sei mais o que faço além de chorar.

 

Depoimento:

Sofro de Tricotilomania há 6 anos agora que comecei o tratamento, acho que fazendo Psicoterapia e tomando as medicações que o Psiquiatra passou vou melhorar, já aconteceu de estar atendendo um cliente e na frente do mesmo começar a comer os cabelos é como se eu tivesse hipnotizada.