Acabo indo para o mundo da Lua e lá se foi mais um dia de estudo em vão.

Tratar TDAH ou DDA em São Paulo

Depoimento:

Tenho atualmente 23 anos, sou do sexo masculino, e desde que me entendo por gente tenho um comportamento problemático e sofro muito por isso.

Fiz terapia duas vezes e não adiantou praticamente nada. Foram mais de 3 anos de terapia no total.

Tomei toda a sorte de antidepressivos e ansiolíticos (Aropax, Efexor, Lexotan, Tofranil, Frisium, Rivotril, Zoloft, Tranxilene, Anafranil, Amplictil, Zargus) e eles só me trouxeram efeitos colaterais, não mudaram minha vida em nada.

Cheguei a ficar com minha vida sócio ocupacional totalmente comprometida.

Tinha crises físicas horríveis por causa de tanta ansiedade.

Mas comecei a me informar mais sobre esse tipo de problema e, lendo seu site, me identifiquei muito com os sintomas do DDA (ou TDAH ou Déficit de Atenção ou Hiperatividade) sem hiperatividade e de algumas coisas do TOC.

Não sei quando começa um e termina o outro; não sei qual deles é a causa e qual a conseqüência.

Atualmente faço tratamento com um Psiquiatra, pois acho que Psicoterapia foi uma grande decepção pra mim.

Eles me encheram de esperança e nada de significativo aconteceu.

Meu Psiquiatra (que me transmitiu confiança por obtermos certa melhora) achou que meu DDA (ou TDAH) tinha de ser tratado e meu receitou Ritalina há dois meses.

Melhorei, principalmente nos primeiros dias, mas ainda não tenho confiança e segurança de que posso me virar sozinho na vida, pois vários sintomas ainda não sumiram e tenho medo de eles não sumirem por se tratar de TOC e o medicamento não agir nesse sentido.

Meus sintomas:

  • Sou distraído

  • Esqueço de compromissos

  • Não absorvo as coisas que estudo

  • Tenho sempre um diálogo estressante dentro da minha cabeça

  • Tenho dúvidas horríveis até na hora de escolher uma roupa: passo horas decidindo e depois de escolher ainda tenho a sensação de ter feito a opção errada.

  • Tenho um excesso enorme de timidez e falta de desprendimento.

  • Não consigo comandar os meus próprios pensamentos, a minha mente acaba me fazendo de escravo.

  • Quando criança tinha um medo terrível de acontecimentos sobrenaturais, e não conseguia dormir direito pensando que algum deles poderia acontecer: que algum meteoro atingisse a Terra e todos morrêssemos.

  • Que poderia faltar comida, água ou mesmo espaço físico para as pessoas viverem.

  • Meu rendimento como estudante é muito ruim, apesar de as pessoas me dizerem que eu sou inteligente, bem informado e criativo.

  • Tenho brancos na hora das provas, quando tento estudar freqüentemente fica uma música "tocando na minha cabeça" e não para de jeito nenhum.

  • Acabo indo para o mundo da Lua e lá se foi mais um dia de estudo em vão.

Nunca consegui passar no vestibular, meus colegas de segundo grau já estão fazendo residência, e eu nem na Universidade estou, apesar de (repito) as pessoas me dizerem que sou inteligente, e principalmente, criativo.

Parabéns pelo trabalho de ajuda pela Internet, pois sei o quanto é ruim sofrer esse tipo de problema e estar sem esperança nenhuma.