Depoimentos de Portadores de Problemas Psiquiátricos

Síndrome do Pânico ou Transtorno do Pânico, Depoimentos

Depoimento:

Olá, há uns meses comecei a sentir muito medo de morrer pois minha pressão estava alta pra minha idade, tenho 21 anos. Comecei a tomar remédio de pressão normalmente mais comecei a ter pânicos, ficar em alerta sempre e veio uns sintomas como vontade de vomitar, aperto no peito, visão embasada, batimentos fortes, muito frio e o medo de morrer. A médica me receitou Rivotril 2 mg comecei a tomar e ficava bem no dia a dia, saia numa boa, pegava ônibus pois era um pesadelo...

Leia mais...

Depoimento:

Olá, tudo bem?

Estou aqui apenas para dizer que toda doença é curável. Li alguns depoimentos de pessoas que estão sofrendo de Pânico, Depressão, Ansiedade e têm medo de tomar os remédios e viciar.

Como bem disse o Sr., ninguém vicia se fizer tudo certo. Tomei por vários anos, devido à Síndrome do Pânico, Frisium, Lexotan, depois Fluoxetina, Anafranil e outros.

Fiz meu tratamento, me curei e não viciei em nenhum, sempre acompanhada por meu psiquiatra.

Poucos dias atrás, devido a muito stress e problemas normais da vida, voltei à tomar Anafranil e 1 mg de Rivotril e já me sinto bem.

Leia mais...

Depoimento:

As crises acontecem quando vou falar ao telefone ou quando o telefone toca e eu tenho que atender (principalmente no escritório) a voz some o coração dispara as mãos suam não consigo me controlar. Às vezes eu consigo me controlar com muito custo, mas as crises sempre voltam.

Leia mais...

Depoimento:

Tenho 34 anos e há 11 comecei o uso de drogas. Inicialmente Maconha, depois Cocaína injetável. Foi o momento em que minha família interviu sabiamente e, após 3 internações, fiquei livre desse universo, sem recaídas.

Infelizmente, talvez como consequência, comecei a ter Ataques de Pânico esporádicos, que foram tornando-se cada vez mais freqüentes.

Leia mais...

Depoimento:

Bem pessoal, eu tenho Síndrome do Pânico há mais de 4 anos, descobri depois que sai de uma empresa de telefonia ao qual eu trabalhava como operadora de 0800 na época tinha 18 anos (hoje estou com 23). Acordei sobressaltada, com uma dor terrível no braço e logo fui para o hospital aonde o médico só de me olhar já constatou que eu tinha o Pânico.

Leia mais...

Depoimento:

As crises acontecem quando vou falar ao telefone ou quando o telefone toca e eu tenho que atender (principalmente no escritório) a voz some o coração dispara as mãos suam não consigo me controlar. Às vezes eu consigo me controlar com muito custo, mas as crises sempre voltam.

Leia mais...
Pagina 1 de 2