14 dias depois do parto, enlouqueci, meu marido chegou a casa o bebê estava com fome, sujo.

Depressão, Pânico e Psicose na Gravidez e pós Parto

Depoimento: 

Olá, meu nome é Adriana. Resolvi contar a minha história para poder ajudar outras pessoas.

Decidi engravidar, tudo ocorreu muito bem.

Tive uma gravidez maravilhosa, mas o problema começou quando meu filho nasceu.

14 dias depois do parto, enlouqueci, meu marido chegou a casa o bebê estava com fome, sujo em cima do trocador e eu cantando e dançando pela casa como se nada tivesse acontecendo.

Assim que o vi, comecei agredi-lo, e não o deixava chegar perto do meu filho, ele ficou desorientado não sabia o que fazer.

Resolveu chamar meus pais.

Fomos procurar um médico, ele indicou um psiquiatra.

Meu pai não aceitava, até que as coisas começaram a sair do controle.

O médico diagnosticou: Depressão Pós-Parto, ou melhor, Psicose Puerperal.

Ninguém sabia nada sobre isso. Pânico total.

Fiquei 11 dias internada em hospital comum.

Totalmente louca, nem sabia que tinha tido um filho.

Não sei quanto tempo isso durou, pois não tinha consciência de nada.

Depois que tudo passou, veio a Depressão propriamente dita, esta que todos conhecem, enfim durou 1 ano.

Fiz tratamento psiquiátrico durante 2 anos.

O que eu quero passar aqui é que esta doença horrível tem tratamento.

Você não fica com seqüelas, é só ter um bom acompanhamento médico e o que é mais importante contar com o apoio de todos que convivem com você.

Fiquei longe do meu filho por 8 meses, mas hoje está tudo bem, ele é super apegado comigo, e estou sempre recuperando o tempo que ficamos afastados.

Não desanime, vá em frente.