Suas energias vitais psíquicas são minadas, aos poucos...

Tratar Depressão com Psiquiatra do Einstein

Depoimento:

Depressão: Tristeza da Alma

As palavras são como figurantes no papel de tentar descrever o dito "sentimento" de Depressão

E realmente são incapazes. Não conseguiriam precisar este "anti-sentimento"

Apenas uma aproximação superficial da realidade é conseguida

Válida porém a descrição se torna, pelo menos como uma tentativa...

Névoa sombria que aproxima-se sem ser notada, mas com ímpar capacidade de apropriação

Apropria-se dos sentimentos, da mente, da alma. ..

De forma cruel e impiedosa administra-nos anestesia, afasta-nos da vida. Embora vivos, semimortos nos tornamos.

Tristeza profunda elevada à milésima potência

"Anti-estado" no qual o dia perde a cor, a noite sua beleza e as flores seu perfume

Onde abrir os olhos pela manhã já contraria, e onde o despertar para o dia torna-se por demais penoso.

O portador deste "Karma fisiológico" sente-se vazio,

Suas energias vitais psíquicas são minadas, aos poucos... mas de forma constante.

A morosidade, a cronicidade que envolve todo o mecanismo é "co-algoz" no processo depressivo.

A experiência de vivenciar tamanho sofrimento, conduz a valorizações antes inexistentes

Valorização do simples viver

Valorização do dia sem "névoas sombrias"

Valorização da vontade de sorrir

Valorização das coisas e das cores da vida.