No dia da prova, sofro com muita ansiedade e preocupação.

Tratar Ansiedade com Psiquiatra do Einstein

Pergunta 1:

Estudo para concursos públicos há bastante tempo. Durante o período de preparação para o concurso, me esforço bastante, aprendo a matéria, e chego no dia da prova sabendo o suficiente para tirar uma nota muito boa, o que provavelmente me garantiria uma classificação.

Entretanto, no dia da prova, sofro com muita ansiedade e preocupação, fruto do estudo estressante e da "necessidade" de tirar uma boa nota.

Sinto-me com agonia e angústia, e isto me prejudica.

Como resultado, na prova, acabo errando questões fáceis, cujo assunto eu sei muito bem.

Creio que isto seja resultado de um pouco de falta de confiança em mim e da ansiedade que sinto.

Um bom Psiquiatra pode me ajudar a resolver este problema?

Como eu poderia diminuir/eliminar esta ansiedade e esta preocupação que me prejudicam?

Resposta:

Sim, provavelmente um Ansiolítico te deixa muito mais tranqüila e você faz tua prova bem. Mas já tive pacientes que tinham dificuldade semelhante em concursos e que se beneficiaram muito também de uma Psicoterapia.

 

Pergunta 2:

Uma vida agitada por ambientes de convivência tensos e estressantes (profissional, familiar) pode levar a um estado de Ansiedade maior, onde a vida estressada gerou um déficit bioquímico cerebral de neurotransmissores que culminou na Ansiedade?

Do mesmo modo que uma vida tensa gerou Ansiedade e desequilíbrio bioquímico cerebral, um novo comportamento de vida muito mais tranqüilo, com tratamentos coadjuvantes (como exercícios físicos e Terapia Cognitiva), aliados, por indicação médica, a Benzodiazepínicos pode reequilibrar tais neurotransmissores e voltar o organismo do indivíduo à normalidade?

Resposta:

Sim.

 

Pergunta 3:

Desde que passei a morar sozinha comecei a ter pensamentos ruins, não conseguia dormir direito, pois acordava de hora em hora imaginando que alguém entraria na casa e me mataria.

Depois de um tempo minha família voltou a morar comigo e esses pensamentos só retornavam quando eles se ausentavam. Como estou sozinha esses dias, estou novamente sem conseguir dormir, voltaram os pensamentos e isso me perturba muito, queria ficar em paz. Estou com medo e preocupada. Por favor, me oriente.

Resposta:

Pode ser um Pensamento Obsessivo, mas parece mais um quadro de Ansiedade.

Como está ligado diretamente a essa situação nova de morar sozinha, provavelmente uma Psicoterapia breve resolve esse problema logo.

 

Pergunta 4:

Há quase 7 anos, sempre que vou comer começo a engasgar, fico com medo, parece que o alimento não desce, parece mesmo que estou engasgada com a comida, já passei por vários médicos, Gastros, entre outros e sempre deu tudo negativo.

Faço Psicoterapia já faz quase 4 anos e nada até o momento.

Tenho muita fome, mas fico com esse medo terrível que já me tirou até do convívio social. O que devo fazer?

Resposta:

A solução pode ser mais simples do que você pensa. Só Psicoterapia não ajudou, provavelmente associada a uma medicação ajudará muito e rápido. Procure um Psiquiatra. Mas porque depois de 4 anos seu Psicoterapeuta ainda não sugeriu isso?

 

Pergunta 5:

Quase não como e sinto muita ânsia quando como, mas muita ânsia mesmo.

Também sofro de Depressão, sempre fico triste, choro e qualquer coisa sempre me ofende.

O que tenho? Por favor, respondam. Tenho 25 anos.

Resposta:

Pode ser apenas um problema de Ansiedade, sem maior dificuldade para tratar. Mas também uma Depressão Ansiosa, você precisaria consultar um Psiquiatra.

 

Pergunta 6:

Há 2 anos estudava para uma prova da faculdade e tomei Guaraná em pó para ficar acordado. Mas foram doses tão altas de Guaraná em pó que me levaram ao hospital com taquicardia.

Somatizo minhas Ansiedades com altas de Pressão Arterial.

Às vezes, simples frio que provoca enrijecimento dos mamilos ou dores musculares no peito esquerdo já me direcionam aos pensamentos de problemas no coração.

A certeza da morte tem me acompanhado.

Fiz exames cardíacos, sempre dizem que não tenho nada.

Porém, as dores na região do coração não cessam.

Resposta:

Então chega de fazem exames cardiológicos e procure um Psiquiatra para ele planejar teu tratamento. Provavelmente você precisa tomar um tempo um Antidepressivo ou outra medicação Ansiolítica mais algumas sessões de Psicoterapia para tirar esse condicionamento de sua cabeça.