Me deu uma coisa muito ruim na cabeça, fiquei tonto, alterou a pressão arterial.

Tratar Ansiedade com Psiquiatra do Einstein

Pergunta:

Dr. Rubens percebo que existe ainda um grande preconceito em torno da Psiquiatria. Tenho conhecimento de pessoas que começaram o tratamento químico por causa de Depressão, transtorno de Ansiedade, etc. e nunca mais pararam de tomar remédio.

Já tive há dois anos atrás um Transtorno de Ansiedade, tomei Lexapro por 6 meses e não quis continuar, pelo medo de me tornar dependente do remédio.

Hoje estou com uma crise de Ansiedade de novo e sempre me torno resistente a procurar um Psiquiatra.

Liguei para meu amigo que é geriatra e ele me receitou Rivotril para tomar durante uns 10 dias, mas ele quer que eu volte a tomar o Lexapro, já que o efeito é mais demorado.

Dizem que tudo é nossa cabeça, mas confesso que tem hora que não consigo sozinha, sei tudo que tenho que falar para mim, sei que vou sair sei que tenho que ser forte, mas sinto que preciso de uma ajuda externa, embora muitas vezes não admita para mim.

Sou uma pessoa ansiosa e estava em estado alfa nos últimos meses e de repente, por um stress na empresa me sinto assim. Numa noite dessas me senti muito perturbada e não gostei dessa sensação, parece que vou perder o controle. Isso é horrível.

O Dr. pode me falar alguma coisa a respeito disso. Desde já, agradeço. Abraços Sandra.

Resposta:

Oi Sandra, veja bem, Ansiedade não é uma doença do teu cérebro que você precisa tomar um remédio para sempre, como diabetes por exemplo.

Certamente existem outras coisas a serem feitas para que os fatores que provocam a Ansiedade não provoquem mais. Por exemplo esportes, Meditação, Yoga, Psicoterapia.

Até lá, claro que você precisa dos remédios, mas depois, provavelmente não. Lexapro, como qualquer outro Antidepressivo, não cria dependência. Rivotril, como qualquer outro Benzodiazepínico, só deve ser usado por curto período.

 

Pergunta:

Fui diagnosticado como tendo um quadro de Ansiedade, tive 2 crises de Pânico, comecei o tratamento há cerca de 4 meses, tomo Amytril 50 mg, estou sendo acompanhado por uma Psiquiatra, a minha dúvida e receio é o seguinte.

Melhorei bastante, não tenho mais dores de cabeça, sensação de abobado, consegui voltar ao trabalho, mas alguns sintomas ainda me acompanham diariamente que é o zumbido no ouvido, as fasciculações, e uma pressão forte no rosto, na região do nariz.

Minha médica disse que isso era ainda da parte emocional, que não aumentaria a dose do remédio e nem nada, mas esses sintomas me incomodam muito, acabo ficando agitado com eles.

Dr., isso pode mesmo ser do quadro ansioso que começou há 5 meses ou devo procurar uma outra opinião e fazer exames?

Obrigado e continuem com este site que me ajudou muito neste período e assim que estiver 100% curado virei aqui dar meu depoimento

Resposta:

Evidentemente que você ainda não está completamente bom e 5 meses é muito tempo para insistir com um único remédio. Existem muitas opções além do Amytril, além das outras medidas de melhora de qualidade de vida descritas na página de Ansiedade.

Pergunta:

Dr., há aproximadamente 3 meses me deu uma coisa muito ruim na cabeça, fiquei tonto, alterou a pressão arterial.

Procurei um Psiquiatra e ele diagnosticou Síndrome do Pânico. Agora sinto muita queimação na nuca (pescoço), queimação no alto da cabeça, na testa e fronte e me causa uma sensação terrível, parece que vou morrer.

Pergunto: Isto é devido ao Pânico ou não tem relação nenhuma? Será problema muscular?

Resposta:

Provavelmente esses sintomas fazem parte do teu quadro de Ansiedade sim.

 

Pergunta:

Olá, eu sofro de uma Ansiedade terrível, tenho medo de todo mundo morrer o tempo inteiro, tenho pavor de elevador, lugar cheio de gente, calor demais, de metro de avião... é uma coisa insuportável.

Quando saio de casa começo a sofrer, evito sair e tenho medo, muito medo é uma coisa apavorante.

Faço uso de Bupropiona faz dois anos e ando me sentindo mal na hora de dormir, estou sem ar, com dores do lado esquerdo, quando começo a dormir, acordo gritando. Isso pode ser o uso continuo do Bupropiona?

Resposta:

A Bupropiona (Wellbutrin, Zyban, Zetron, Bup) é um dos Antidepressivos mais estimulantes, portanto menos Ansiolíticos. Pode prejudicar o sono sim. Não costuma ser usado no tratamento da Ansiedade.

 

Pergunta:

Há mais ou menos dois meses comecei um tratamento para transtorno de Ansiedade, meu primeiro médico me receitou Limbitrol e esse não trouxe nenhum resultado, mudei de médico e ela me receitou 0,50 mg de Frontal, durante uma semana senti dores muito fortes no peito, e por causa disso ela aumentou a dose para mais 0,25 ou seja 0,75 mg por dia, com o aumento da dose eu me senti bem durante uma semana.

Ao retornar ao consultório, ela mudou o meu remédio para Rivotril em gotas 8 gotas ao dia, durante algum tempo me senti muito bem com o remédio, mas de duas semanas pra cá mesmo tendo aumentando a dose para 20 gotas eu voltei a sentir as dores no peito!

Vocês acham que seria correto eu voltar ao consultório da médica e relatar o que está acontecendo ou o Rivotril demora algumas semanas para começar a fazer efeito, pois já estou tomando esse remédio a três semanas juntamente com 100 mg de Sertralina!

Resposta:

Limbitrol quase não é mais usado porque ele tem uma mistura de Bromazepam (Lexotan) e Amitriptilina. Preferimos dar medicamentos com uma única substância para poder individualizar a dose.

Frontal e Rivotril ou funcionam de imediato ou não vão funcionar mais.

Sertralina depois de 20 a 30 dias deveria estar funcionando, se fosse indicada para você.

Sugestão; peça para teu médico trocar de medicação e avaliar se não seria bom também alguma forma de Terapia ou de exercícios de relaxamento tipo Yoga.

 

Pergunta:

Tomei Venlift OD e Rivotril 0,5 por 3 anos (TAG E PÂNICO). Parei a medicação faz um ano.

Senti que a Ansiedade voltou tentei retornar com Venlift não consegui (ânsia e vômitos). Só estou tomando Rivotril 0,5 seria importante associar outro Antidepressivo?

Resposta:

Provavelmente sim. Se você já tomou antes o Venlift (Efexor, Venlaxin, Venlafaxina), não deveria ter sentido esse mal estar. Pode ter sido uma coisa que se chama Piora Inicial (item 11 da página de Efeitos Colaterais)  e que passa depois de alguns dias, pode ser que você tenha tomado de estômago vazio, ou num dia de muita Ansiedade. Discuta isso com teu médico.

 

Pergunta:

Gostaria de saber se a prática regular de exercícios aeróbicos fortalece a atuação dos medicamentos em doenças como: Depressão, Ansiedade, etc.

Resposta:

Muito provavelmente sim. Tanto como coadjuvantes do tratamento quanto para diminuir muitos colaterais dos medicamentos, caso você precise de medicamentos. Leia a página sobre Qualidade de Vida.