Já caiu meu cabelo, sou dependente de alguém, não fico sozinha.

Tratar Ansiedade Generalizada em São Paulo

Pergunta:

Tenho 21 anos e há mais ou menos 7 meses venho sentindo muitos sintomas de doenças graves: dor do lado esquerdo do peito, dor de cabeça, às vezes tontura, muita, mas muita falta de ar, dificuldade para concentração nos estudos e as mãos e os pés gelados.

Quando me dá crises, parece que o sangue desaparece da pele, fico pálida e com muito medo de morrer. Trabalhei durante 2,5 anos numa empresa, porém nos últimos 5 meses exerci uma função onde eu ficava em perigo e sozinha.

Aquilo me deixava com muito medo e como não tinha muito que fazer, ficava ocupando a cabeça com pensamentos ruins. Eu odiava o que eu fazia, porém ficava, pois o salário era bom.

Acabou que de tanto freqüentar médicos e nunca encontrar nada de errado, acabei demitida.

Quando saí da empresa achava que todo aquele mal estar ia passar. Realmente, as crises que eram diárias não vêm acontecendo com tanta freqüência, mas acontecem.

Agora que estou desempregada, não consigo fazer nada, pois tenho muito medo de ficar sozinha, sem alguém de conhecido por perto.

Não consigo dirigir sozinha, ficar em casa sozinha, ir para a aula...

Minha pergunta é se uma vez que adquirimos o problema por um motivo (no meu caso o trabalho) e eu me afastando dele, a Ansiedade continua?

Pois todo mundo sabia do meu problema, e agora que eu saí da empresa e voltei a sentir os sintomas ficam falando que eu fui demitida e de nada adiantou.

Outra pergunta seria se os remédios indicados pelos médicos (no meu caso Rivotril) podem causar alguma lesão no cérebro...

Minha família sempre disse que quem toma estes remédios fica abobado... É verdade?

No meu caso que sou jovem, provocará alguma alteração que possa a levar que um filho meu nasça com alguma seqüela deste tratamento?

Por favor, me ajude, pois eu não comecei nenhum tratamento de medo de nunca mais parar de tomar remédios, mas minha vida está virando um inferno!

Resposta:

Você está com sintomas de Ansiedade tão fortes que está parecendo ataques de Pânico. Nenhum tratamento bem feito irá lesar teu cérebro nem provocar sequelas no teu filho.

Mas esse estado de ansiedade constante sim, ele vai fazer mal para tua saúde além de prejudicar a qualidade de vida.

Claro que se você tomar os remédios durante a gravidez, tem que ser com um médico que tenha experiência em tratamentos na gravidez.

 

Pergunta:

Tenho 38 anos tenho Síndrome do Pânico há 9 anos e medo de andar sozinha fiquei assim com 18 anos e acredito q vou ficar para resto da minha vida, pois não tenho condições.

Aprendi como controlar, pois as crises duram segundos já passei por situações piores de nem levantar da cama e já cheguei a pesar 33 quilos e também já caiu todo meu cabelo sou dependente de alguém, não fico sozinha.

Resposta:

Procure um psiquiatra que certamente irá te receitar uma medicação e indicar um psicoterapeuta.

Provavelmente  melhor forma de Psicoterapia para você será um mix de Psicoterapia Analítica mais Cogintivo Comportamental.

Com esses dois tratamentos tua qualidade de vida melhora muito e rápido.